sábado, 28 de julho de 2012

Lousada sem Tourada


A indústria tauromáquica apresenta atualmente muitos sinais de declínio. A tentativa de levar a tauromaquia a localidades em que esta atividade cruel não tem qualquer expressão, é um deles. As dificuldades económicas de alguns empresários e a forma como tentam ludibriar os mais incautos, é um outro. E muitos mais se poderiam referir. Simultaneamente, a tauromaquia é cada vez mais alvo de forte contestação social.

Esteve prevista para hoje, em praça portátil, uma tourada em Lousada que havia sido fortemente contestada. Um grupo de mais de 8 dezenas de cidadãs e cidadãos indignados chegou a participar, a semana passada, numa marcha contra o regresso das touradas ao município.


Vídeo da marcha: https://www.facebook.com/photo.php?v=472785546067076


A tourada acabou por não se realizar e, de acordo com as notícias veiculados por alguns sítios tauromáquicos (exemplo), o empresário tauromáquico ficou indevidamente com o dinheiro dos bilhetes e nem chegou a pagar aos toureiros que ali se haviam deslocado mas não chegaram a tourear, quanto mais a devolver o dinheiro daqueles ao público. E outra coisa não seria de esperar de alguém que chegou a organizar em Vizela uma tourada solidária a favor de uma criança com paralisia cerebral e que, de acordo com uma notícia do JN (aqui), fugiu com o dinheiro da bilheteira, deixou várias dívidas e ainda fez com que os pais da criança não só não recebessem qualquer verba proveniente da tourada, como tivessem ficado com menos 2.000 euros que lhe haviam adiantado para pagamento de algumas despesas.  

Assim vai o "mundo dos toiros"!

2 comentários:

  1. os anti taurinos vão perder protagonismo na luta contra as touradas pois são os próprios taurinos que lhes vão tomando o lugar.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar